Cadastro Médico
 
Dr(a).  expandir >

 
 



Você está em: Inicial >> Artigo >> 118 Aspartame O Veneno

Aspartame - O Veneno

 Feed RSS de Artigos Feed RSS
 
Postado em 28/03/2009 às 10:00:00 por Carlos de Carvalho

Visitas: 1.011



Aspartame o Veneno



Esclerose Múltipla e Alzheimer

Passei alguns dias falando na Conferência Mundial de Meio Ambiente a respeito do Aspartame, conhecido como Nutra-sweet, Equal, Zerocal, Finn e Spoonful.

Foi amplamente divulgado que existia uma epidemia de Esclerose Múltipla e Lúpus Sistêmico, contudo não se entendia porque uma toxina estava fazendo com que essas doenças assolassem os Estados Unidos tão rapidamente.

Eu expliquei que estava lá para falar exatamente sobre este assunto. Quando a temperatura do Aspartame excede 30º C, o álcool contido no Aspartame se converte em formaldeído e daí para ácido fórmico, que provoca Acidose Metabólica (o ácido fórmico é o veneno das formigas).

A toxicidade do metanol imita a Esclerose Múltipla e as pessoas recebem diagnóstico errado de Esclerose Múltipla. A Esclerose Múltipla não se constitui em sentença de morte, mas a toxicidade do metanol sim. No caso do Lúpus Sistêmico, estamos percebendo que é quase tão grave quanto a Esclerose Múltipla, especialmente em usuários de Diet Coke e Diet Pepsi, bem como nos demais refrigerantes com este pricípio ativo. Por razão da toxicidade do metanol (as vítimas geralmente bebem de 1 a 4 Latas destes refrigerantes por dia, algumas vezes mais).

Nos casos de Lúpus Sistêmico causado pelo Aspartame, a vítima geralmente não sabe que o Aspartame é a causa de sua doença e continua com seu uso, agravando o lúpus a um grau tão intenso que algumas vezes ameaça a vida.

Quando interrompemos o uso do Aspartame, as pessoas que tinham lúpus ficam assintomáticas. Infelizmente, não podemos reverter esta doença. Por outro lado, nos casos diagnosticados como Esclerose Múltipla quando na realidade, a doença é devida à toxicidade do metanol, a maioria dos sintomas desaparece. Nós temos visto casos em que a visão retornou e mesmo a audição foi recuperada. Isto também se aplica aos casos de tinnitus (zumbido no ouvido). Em uma conferência eu disse: "Se você está usando Aspartame (Nutrasweet, Equal, Spoonful, etc.) e sofre de sintomas como: bromialgia, espasmos, dores musculares, formigamento nas pernas, cãibras, vertigem, tontura, dor de cabeça, zumbido no ouvido, dores articulares, depressão, ataques de ansiedade, fala atrapalhada, visão borrada ou perda de memória - você provavelmente tem a doença do Aspartame!”.

As pessoas começaram a reagir durante a palestra dizendo: Eu tenho isto... É reversível? Em uma palestra assistida pelo embaixador de Nicarágua, ele nos contou que a indústria de açúcar deles está adicionando Aspartame ao açúcar in natura! Ele contou que o filho de um dos líderes da indústria de seu país não conseguia mais andar em parte pelo uso do produto!

Um estranho veio até ao Dr. Espisto (um de meus palestrantes) e perguntou por que tantas pessoas estavam tendo Esclerose Múltipla. Durante a visita a um hospital, uma enfermeira disse que seis amigos dela que eram viciados em Diet Coke, tinham sido diagnosticados com Esclerose Múltipla. Isso é mais do que coincidência. Há um tempo houve audiências no Congresso dos EUA denunciando a ativação do Aspartame em 100 produtos alimentícios diferentes. Nada foi feito.

O lobby da droga e da indústria química tem bolsos muito profundos. Agora existem mais de 5.000 produtos contaminados com este produto químico e a patente expirou. Qualquer um ou qualquer companhia pode adicioná-lo a sua fórmula, absolutamente sem qualquer controle e sem a obrigação de pagar "royalties" aos antigos proprietários da patente. Na época da primeira audiência, as pessoas estavam ficando cegas.

O metanol no Aspartame se converte em formaldeído na retina do olho. O formaldeído é do mesmo grupo das drogas como cianeto e arsênico: Venenos mortais!

Felizmente, leva muito tempo para matar, mas já está matando as pessoas e causando todos os tipos de problemas neurológicos. O Aspartame muda a química do cérebro. É a causa de diversos tipos de ataques. Esta droga muda os níveis de dopamina no cérebro. Imagine o que acontece com os pacientes que sofrem da Doença de Parkinson?

Também causa malformações fetais. Não existe nenhuma razão para se utilizar este produto. Não é um produto dietético!

Os anais do congresso dizem:

Ele faz você desejar carboidratos e faz engordar. Dr. Roberts viu que quando ele interrompeu o uso do Aspartame a perda de peso foi de 9,5 kg por pessoa. O formaldeído se armazena nas células adiposas, principalmente nos diabéticos. Todos os médicos sabem o que o metanol causaria num diabético.

Muitos médicos acreditam que seus pacientes têm retinopatia, quando de fato, o mal é causado pelo Aspartame. O Aspartame mantém o açúcar sanguíneo fora de controle, fazendo com que muitos pacientes entrem em coma. Infelizmente muitos já morreram, sem serem corretamente diagnosticados. Pessoas nos contaram na Conferência do Colégio Americano de Medicina que tinham parentes que mudaram de sacarina para o Aspartame e agora, eventualmente entram em coma. Seus médicos não conseguem controlar os níveis de glicemia. Os pacientes têm perda de memória pelo fato de que o ácido aspártico e a fenilalanina são euro tóxicos sem os outros aminoácidos encontrados nas proteínas.

Eles atravessam a barreira hemato-encefálica e causam deterioração nos neurônios. O Dr. Russel Blaylock, neurocirurgião, diz: Os ingredientes estimulam os neurônios até a morte causando dano cerebral em vários níveis.

O Dr. Blaylock escreveu um livro intitulada: "Excito toxinas: O Gosto que Mata" (Health-Press 1-800-643-2665). O Dr. H. J. Roberts e especialista diabetes e perito mundial em envenenamento pelo Aspartame, escreveu um livro intitulada: "Defesa contra a doença de Alzheimer" (1-800-814-8900). O Dr. Roberts conta como o envenenamento pelo Aspartame está relacionado à doença de Alzheimer. Mulheres de 30 anos estão sendo internadas com Alzheimer. O Dr. Blaylock e o Dr. Roberts estão escrevendo uma carta-posição com alguns casos relatados e vai colocá-la na Internet.

De acordo com a Conferência do Colégio Americano de Medicina, nós estamos falando de uma praga de doenças neurológicas causada por este veneno mortal. O Dr. Roberts descobriu o que aconteceu quando o Aspartame foi vendido pela primeira vez. Ele disse que seus pacientes diabéticos apresentaram perda de memória, confusão, e severa perda de visão. Na conferência do Colégio Americano de Medicina, os médicos admitiram que não sabiam. Eles estavam imaginando porque os ataques tinham aumentado tanto (a fenilalanina do ASPARTAME diminui o limiar para convulsão e deleta a Serotonina, o que causa psicose maníaco depressiva, ataque de pânico, fúria e violência).

Antes da Conferência, eu recebi um fax da Noruega, pedindo um possível antídoto para este veneno porque a pessoa estava sentindo tantos problemas no seu país. Este veneno está disponível em muitos países agora. Felizmente, tivemos embaixadores e palestrantes na Conferência que se engajaram nesta luta. Pedimos a você que se engaje também. Se você é médico ou sanitarista, imprima este artigo e informe todas às pessoas que você conhece. Tire tudo que contém Aspartame do armário.

Envie para nós a sua história. Eu asseguro que a Monsanto, a criadora do Aspartame, sabe como ele é mortal. Eles financiaram a Associação Americana de Diabetes, a Associação Americana de Dietética e o Congresso do Colégio Americano de Medicina. O New York Times, em 15 de Novembro de 1996, publicou um artigo a respeito de como a Associação Americana de Dietética recebe dinheiro da Indústria Alimentícia para endossar seus produtos. Por isso, eles não podem criticar aditivos e falar a respeito de sua ligação com a Monsanto.

A que ponto chega isso? Dissemos a uma mãe cujo filho estava usando Nutrasweet para interromper o uso do produto. A criança estava tendo convulsões diárias. A mãe telefonou para o médico, que telefonou para a Associação que disse ao médico para não interromper o uso de NutraSweet. Estamos ainda tentando convencer a mãe que o Aspartame está causando as convulsões.

Toda vez que interrompemos o uso do Aspartame, as convulsões cessam. Se o bebê morrer, sabemos de quem é a culpa e contra quem lutamos.

Existem 92 sintomas documentados de Aspartame, do coma à morte. A maioria deles é neurológica, porque Aspartame destrói o Sistema Nervoso.

A Doença do Aspartame é parcialmente a causa da Síndrome "Tempestade no deserto". A queimação na língua e os outros sintomas discutidos em mais de 60 casos podem estar em milhares de latas de bebidas diet que foram enviadas para as tropas da Tempestade no Deserto. Lembre-se que o calor pode liberar o metanol do Aspartame a 30 ºC.

As bebidas dietéticas foram expostas ao sol de 45 ºC no deserto Árabe por semanas. Os homens e mulheres de serviço bebiam isso o dia todo. Todos os sintomas deles eram semelhantes ao de um envenenamento por Aspartame.

Dr.Roberts diz que o consumo do Aspartame na época da concepção pode causar defeitos no feto. A Fenilalanina se concentra na placenta causando retardo mental, de acordo com o Dr. Louis Elsas, Professor de Genética Pediátrica na Universidade de Emory.

Em testes de laboratório, os animais desenvolvem tumores cerebrais (a fenilalanina tem um subproduto o XP, um agente causador de tumores cerebrais).

Quando o Dr. Espisto estava falando, um neurocirurgião da plateia disse: Encontra-se um teor elevado de Aspartame nos tumores cerebrais removidos.

A Stévia, um adoçante natural, não é um aditivo, e ajuda no metabolismo do açúcar; seria ideal para os diabéticos e foi aprovada, agora, como suplemento dietético pelo FDA.

Durante anos, o FDA, que é autoridade oficial nos EUA na área de analise de alimentos e medicamentos, adiou esta aprovação!

Precisamos combater os autores deste crime contra a saúde humana que incluem várias indústrias e várias entidades médicas comprometidas com a indústria!




FONTE: Dra. Mancy Marckle

 
 
 
 
Cadastro Médico ® Todos os Direitos Reservados - Mapa do Site - Publicidade - Feeds RSS - Política de Privacidade - Empório High-Tech