Cadastro Médico
 
Dr(a).  expandir >

 
 



O médico ortomolecular diante das especialidades médicas no Brasil

 Feed RSS de Artigos Feed RSS
 
Postado em 21/02/2009 às 10:00:00 por Carlos de Carvalho

Visitas: 2.380

 

O médico ortomolecular diante das especialidades médicas no Brasil

Os Médicos Ortomoleculares, os Centros Médicos Ortomoleculares e as Clínicas de Medicina Ortomolecular fazem Tratamentos Médicos Ortomoleculares através de Nutrição Ortomolecular, Dietas Ortomoleculares, Nutrientes Ortomoleculares e Complementos Ortomoleculares voltados para diversas Áreas da Medicina.

A Medicina Ortomolecular deve ser praticada por Médicos Especialistas em Nutrologia, Especialidade em Clínica Médica ou Medicina Interna visando dar nutrientes que faltam ao organismo, retirar elementos tóxicos do corpo humano, diminuir a produção de radicais livres e equilibrar a oxidação alimentar.

Para ilustrar vamos decorrer superficialmente sobre algumas Especialidades Médicas e fatos relevante relacionado à Dieta Ortomolecular, Fórmulas Ortumoleculares, Medicina Ortomolecular do Emagrecimento e Tratamento Ortomolecular da Obesidade.

Na Alergia ela atua diminuindo ou afastando as possibilidades de interação com os alimentos que causam alergia.

Na Imunopatologia age através de processos enzimáticos complexos que melhoram as defesas do organismo.

Na Angiologia fornece alimentos que fortalecem os vasos ou diminuindo a barriga que comprime a veia cava e dificulta o retorno venoso. Através da diminuição das alterações das paredes das artérias diminui a possibilidade de formação de trombos.

Na Cancerologia estudos recentes mostram que o excesso de algumas substâncias (como o aumento de fósforo e a diminuição de cálcio) aumentam o risco de câncer.

Na Cardiologia são notórias as vantagens da diminuição do colesterol alimentar e do stress oxidativo.

Na Coloproctologia sabemos das vantagens das dietas ricas em fibras.

Na Dermatologia produtos, vitaminas e Anti-radicais Livres combatem o câncer de pele.

Na Endocrinologia a ação dos Aminoácidos e Lipídios está presente.

Na Metabologia tem suas bases científicas em nutrientes, dietas, obesidade, ganho de peso, excesso de massa gorda, falta de massa magra, calorias, emagrecimento e erros do metabolismo.

Na Gastroenterologia os alimentos justificariam muito, mas não podemos esquecer-nos das enzimas digestivas.

Na Ginecologia podemos diminuir grande quantidade de moléstia como os corrimentos vaginais. Atualmente o corrimento vaginal mais freqüentemente encontrado é o de cor branca provocado por cândidas (candidíase provocada pela Candida albicans é uma espécie de fungo diplóide).

Na Obstetrícia muitas vezes aparecem anemias que precisam de vitaminas e ferro.

Na Hematologia a Hemácia, o Glóbulo Branco e as plaquetas dependem do estado nutricional do paciente.

Na Hepatologia é comum encontrarmos a Esteatose Hepática que são fígados com excesso de gordura e podem se beneficiar de uma dieta saudável.

Na Mastologia a incidência de tumores pode ser diminuída pela alimentação sadia.

Na Endocrinologia a Terapia de Reposição Hormonal com Fitohormônios (Hormônios de Plantas) é uma realidade.

Na Medicina do Esporte Vitaminas e Complementos Alimentares são necessários para melhorar a desempenho e diminuir os riscos de contusões.

Na Nefrologia se a dieta for rica sal ou estiver alterando pH urinário causará problemas para os rins.

Na Neurologia a má alimentação pode levar a demência, dor de cabeça, enxaquecas, alterações do sono e dor.

Na Oftalmologia não há dúvidas sobre as vantagens das dietas que melhoram a manutenção da visão em diabéticos.

A Ortopedia e Traumatologia usam suprimentos de aminoácidos, vitaminas e dietas balanceadas para melhora a cicatrização óssea.

A Otorrinolaringologia através de alimentos pode diminuir as possibilidades de doenças na garganta, ouvidos e nariz.

A Pneumologia através da dietoterapia melhora a respiração e diminui os processos alérgicos das bronquites.

Na Psiquiatria sabemos que várias substâncias podem levar a demência, a Doença de Parkinson, ao Mal de Alzheimer.

Na Reumatologia sabemos que vários alimentos interferem da doença articular.

A Acupuntura trata as dores que muitas vezes são provocadas por alimentos. Para a cura é necessário a retirada do estímulo que provoca a dor, o alimento.

A Especialidade de Clínica Médica muitas vezes é denominada Medicina Interna. Sabemos que para as diversas doenças e fases de cada patologia existe uma receita dietética apropriada.

Na Pediatria sabemos que alimentação saudável é fundamental.

A Geriatria e a Gerontologia se preocupam com a longevidade, o envelhecimento saudável, retardar o relógio biológico, rejuvenescer a fisionomia, menopausa, andropausa, osteoporose, osteopenia, portanto podemos concluir que a alimentação saudável, balanceada e acompanhada por médico Especialista é fundamental.

Na Nutrição Saudável há medicamentos diários em cada alimento. Quando se vai à feira ou ao supermercado devemos ter em mente a busca do remédio ideal para o dia a dia. Que os alimentos são os remédios naturais que são necessários ao nosso corpo e fazem bem a vida.

Uma dieta balanceada é a formula de emagrecimento indispensável para manter o peso.

Uma dieta saudável previne o aumento do Colesterol, o Infarto do Miocárdio, o Câncer, a Diabetes, as Doenças Degenerativas.

Conclusão:

1) Podemos afirmar que todas as áreas da Medicina interligam-se através do Médico Ortomolecular, da Clínica Ortomolecular (Nutrição Ortomolecular) e da Prevenção Ortomolecular.

2) Não existe uma Fórmula Ortomolecular que sirva para todos os pacientes, não há uma Fórmula de Emagrecer Ortomolecular para todos os pacientes ou uma única Dieta Ortomolecular para todos os pacientes. O que existe é a possibilidade comprovada pela Medicina Científica de correções multifatoriais individuais por Médicos Especialistas que obterão com certeza o melhor em resultados para o paciente.

 

 

 
 
 
 
Cadastro Médico ® Todos os Direitos Reservados - Mapa do Site - Publicidade - Feeds RSS - Política de Privacidade - Empório High-Tech