Cadastro Médico
 
Dr(a).  expandir >

 
 



Câncer e obesidade infantil

 Feed RSS de Artigos Feed RSS
 
Postado em 30/03/2009 às 10:00:00 por Carlos de Carvalho

Visitas: 1.343



Câncer e obesidade infantil



Campanha contra câncer, foco na obesidade infantil

Obesidade infantil foi o tema escolhido para uma campanha global lançada nesta quarta-feira, Dia Mundial do Câncer. A iniciativa é da União Internacional de Controle do Câncer (UICC), maior organização não-governamental do mundo dedicada ao tema, e busca alertar a população que estar acima do peso na infância pode levar ao surgimento do câncer ao longo da vida.

O foco da campanha deste ano partiu de estimativas da UICC que colocam a obesidade como a segunda maior causa evitável do câncer. A entidade acredita que cerca de 30% dos casos da doença nos países ocidentais são provocados por alimentação inadequada, sedentarismo, sobrepeso e obesidade. Ao lado disso, há evidências de que crianças obesas têm até 30% mais chances de se tornarem adultos obesos.

A ideia, portanto, é mostrar que hábitos saudáveis adquiridos desde cedo têm forte impacto ao longo da vida. "O objetivo fundamental da campanha é mostrar que o câncer é uma doença que pode ser evitada", afirma o nutricionista Fábio Gomes, analista da Área de Alimentação, Nutrição e Câncer do Instituto Nacional do Câncer. Segundo ele, uma alimentação adequada, composta de frutas, legumes e verduras, poderia salvar 2,7 milhões de pessoas por ano no mundo.

O Inca calcula, por exemplo, que a obesidade pode dobrar as chances de um homem ter câncer de esôfago. Uma mulher obesa, por outro lado, teria um risco 52% de câncer de endométrio. A obesidade também está associada a maiores chances de desenvolver outros variações da doença, como câncer de rim, vesícula, pâncreas, mama e intestino.




FONTE: Isadora Pamplona / VEJA ON LINE

 
 
 
 
Cadastro Médico ® Todos os Direitos Reservados - Mapa do Site - Publicidade - Feeds RSS - Política de Privacidade - Empório High-Tech