Cadastro Médico
 
Dr(a).  expandir >

 
 



Ozonioterapia na medicina

 Feed RSS de Artigos Feed RSS
 
Postado em 05/04/2009 às 10:00:00 por Carlos de Carvalho

Visitas: 2.278



Ozonioterapia



O uso do Ozônio na Medicina

A descoberta e uso médico do ozônio é data em 1840 e ao médico alemão Christian Friedrich Schonbein durante a Primeira Guerra Mundial. Este foi usado largamente no tratamento de feridas em soldados, obtendo assim, excelentes resultados.

Em 1915, outro médico alemão Albert Wolf escreveu o livro sobre o uso medicinal com ozônio e durante mais de 50 anos, a Ozonioterapia ficou praticamente restrita à Alemanha e à Áustria. Somente à partir da década de 80 ela se expandiu para outros países. Esta expansão se coincidiu com início das pesquisas de laboratório sobre a ação do ozônio, sobretudo com os trabalhos de Bocci na Itália.

Propriedades e contra-indicações

Aprovada pela Comunidade Européia em 1997, a Ozonioterapia começou a ser desenvolvida na Itália há cinco anos. A terapia foi idealizada pelo médico Marianno Franzini, presidente da Sociedad Italiana de Oxígeno-Ozonoterapia. Através de diversas experiências clínicas, conseguiu-se demonstrar que, apesar de ser tóxico, o uso terapêutico deste não apresenta nenhum perigo ao homem. Entre os pontos positivos da terapia, destaca-se a capacidade para ativar o metabolismo das gorduras, suas propriedades antiinflamatórias, bactericidas e analgésicas. Além disso, a esta aumenta a glicose, diminui o ácido úrico e ativa a microcirculação, surgindo como alternativa a outros tratamentos.







 
 
 
 
Cadastro Médico ® Todos os Direitos Reservados - Mapa do Site - Publicidade - Feeds RSS - Política de Privacidade - Empório High-Tech