Cadastro Médico
 
Dr(a).  expandir >

 
 



Homotoxicologia é ponte entre a alopatia e a homeopatia

 Feed RSS de Artigos Feed RSS
 
Postado em 05/04/2009 às 10:00:00 por Carlos de Carvalho

Visitas: 1.057



Homotoxicologia é ponte entre a alopatia e a homeopatia



“A ponte entre a Alopatia e a Homeopatia”. Assim é conhecida na Europa (e já praticada por mais de 20 % de médicos na Alemanha) a Homotoxicologia, criada nos anos 50, significa estudo das toxinas humanas.

Os sistemas de defesa orgânicos, que são organizados por vias fisiológicas para a eliminação de toxinas. Porém, se a entrada e/ou produção de homotoxinas for muito maior que a capacidade de eliminação haverá acúmulo tóxico na matriz extracelular, com alteração das membranas celulares (pela formação excessiva de Radicais Livres) afetando as trocas das células. Com isto há penetração das toxinas nas células o que ocasiona danos a estas, em seus sistemas enzimáticos (sistemas de produção), respiratórios (geradores de energia) e nucleares (comando celular), gerando patologias.

A Terapêutica Anti-homotóxica é calcada em princípios avançados de drenagem, imunização e estimulação. O tratamento é realizado com medicamentos dinamizados (bio-compatíveis e em acordes de potência).

Eles agem em dois níveis. No primeiro reativam, melhoram e tornam efetivos os sistemas de defesa e eliminação naturais do corpo.

Em um segundo nível eles tem a capacidade de desbloquear os sistemas enzimáticos (sistemas de produção) e respiratórios (geradores de energia) reativando e modulando as funções celulares.

Os medicamentos biológicos anti-homotóxicos ensinam o corpo a agir e, caso haja uma patologia semelhante no futuro, o corpo terá aprendido a reagir e precisará de menos ou nenhum medicamento para eliminar a doença, ao contrário dos medicamentos fármacos-químico que agem no lugar do corpo e até bloqueiam suas reações de defesa, não normalizando suas funções nem eliminando as agressões sobre o sistema.

Mesmo assim os medicamentos anti-homotóxicos, por não interagir com fármacos alopáticos, podem ser usados de modo complementar com estes, ao contrário de outros tipos de medicações.



Autor: José Irineu Golbspan
FONTE: Centro de Medicina Biológica

 
 
 
 
Cadastro Médico ® Todos os Direitos Reservados - Mapa do Site - Publicidade - Feeds RSS - Política de Privacidade - Empório High-Tech