Cadastro Médico
 
Dr(a).  expandir >

 
 



Obesidade aumenta risco de câncer de mama

 Feed RSS de Artigos Feed RSS
 
Postado em 10/04/2009 às 10:00:00 por Carlos de Carvalho

Visitas: 953



Obesidade aumenta risco de câncer de mama, diz estudo



Pesquisadores dos Estados Unidos afirmam ter descoberto porque a obesidade pode aumentar o risco de as mulheres desenvolverem o câncer de mama.

Já se sabia que uma dieta rica em gordura eleva o perigo do surgimento desse tipo de câncer.

Mas pesquisadores americanos dizem que a obesidade é perigosa para mulheres que já passaram pela menopausa porque aumenta o nível de hormônios femininos no sangue. Nesse caso, o risco aumenta em 20%.

Num estudo internacional, feito em oito centros de saúde americanos, europeus e asiáticos, foram coletadas amostras de sangue de três mil mulheres que não tinham câncer de mama.

Massa corporal

Nenhuma delas estava fazendo terapia de reposição hormonal.

As voluntárias foram acompanhadas por períodos que variaram entre dois e doze anos.

Do total, 600 mulheres desenvolveram o câncer de mama.

As taxas de hormônio no sangue foram comparadas às das mulheres que não ficaram doentes.

A obesidade também foi medida com base no Índice de Massa Corporal, que é obtido ao se dividir o peso de uma pessoa por sua altura ao quadrado.

Os valores saudáveis ficam entre 18,5 e 25. Se o índice se situar entre 25 e 30, a paciente é considerada acima do peso. Mais de 30 significa obesidade.

As mulheres foram divididas em cinco grupos de acordo com suas pontuações.
Havia os grupos com menos de 22,5, entre 22,5 e 24,9, entre 25 e 27,4, entre 27,5 e 29,9 e acima de 30.

Resultado

Descobriu-se que, quanto mais o índice subia, mais aumentava a presença do hormônio estrogênio e o risco do câncer.

Mulheres com Índice de Massa Corporal de 30 tinham um risco de desenvolver câncer de mama 18% maior em relação às mulheres com índice de 25.

Os resultados também mostraram que um tipo de estrogênio chamado estradiol estava particularmente relacionado com o aumento do risco.

Pesquisadores, incluindo uma equipe do Cancer Research UK, dizem que a obesidade é um fator de risco que as mulheres podem controlar através de uma dieta cuidadosa e exercícios, ao contrário dos fatores sobre os quais elas não têm controle, como a hereditariedade.

O médico Tim Key, da unidade de epidemiologia do instituto que pertence à Universidade de Oxford, liderou a pesquisa.

"O risco das mulheres é afetado por fatores variados: o histórico da doença na família, o número de filhos, a idade das crianças, quando as mulheres começam a menstruar e quando param", afirmou ele.

"Mas a obesidade á algo que as mulheres podem controlar. Basta apenas manter um peso saudável para evitar risco extra de câncer."

Perigo

Ele adicionou: "Nós sabemos que os fatores hormonais são centrais para o desenvolvimento do câncer de mama".

"Este estudo nos ajuda a entender melhor o papel da obesidade e de certos hormônios no mecanismo que aumenta o risco da doença."

O médico diz ainda que a obesidade pode ser o principal fator para um número substancial de casos de câncer nos seios.

E com o número de mulheres obesas aumentando, é fundamental que se entendam seus perigos.

A pesquisa foi publicada na revista científica Journal of the National Cancer Institute.

FONTE: BBC Brasil







 
 
 
 
Cadastro Médico ® Todos os Direitos Reservados - Mapa do Site - Publicidade - Feeds RSS - Política de Privacidade - Empório High-Tech