Cadastro Médico
 
Dr(a).  expandir >

 
 



Você está em: Inicial >> Artigo >> 657 Celulite

Celulite

 Feed RSS de Artigos Feed RSS
 
Postado em 04/10/2010 às 20:16:56 por José Umbelino de Morais

Visitas: 731

 

Celulite

Causas, consequências e  tratamentos.

            A celulite é um termo comum usado para descrever uma alteração do tecido conjuntivo gorduroso, caracterizada por nódulos e depressões subcutâneas, que se apresenta sob a aparência de covinhas ou rugosidade tipo casca de laranja,  provocando uma compressão dos vasos sanguíneos e linfáticos e com isso dificultando a nutrição celular e favorecendo o acúmulo de toxinas que deveriam ser eliminadas através dos vasos linfáticos.

Este problema estético ocorre em 90% das mulheres, e se desenvolve  durante períodos de mudanças hormonais como puberdade, menopausa, sindrome pré-menstrual, gravidez e raramente acontece nos homens. Aparece em pessoas obesas, normais e magras, entretanto a celulite continua sendo mais encontrada  em pessoas com peso acima do normal.

 

A celulite varia de intensidade, e podemos classificá-la como: estágio 1, acontece um acúmulo de gordura dentro da célula, não existe alteração circulatória e não há sinais visíveis na pele e nem dor, no estágio 2,  há um maior inchaço derivado do acúmulo de gordura, a celulite só é notada quando se pinça (belisca) a região afetada com os dedos das mãos, no estágio 3, as depressões ou covinhas na pele estão presentes naturalmente quando a pessoa está de pé, mas não deitada. Ocorre a sensação de peso e cansaço nas pernas. No último estágio, considerada a mais grave e classificada como grau 4,  as depressões  estão presentes tanto quando a pessoa  está de pé como deitada. As fibras formam nódulos e a circulação fica prejudicada. As pernas ficam pesadas, inchadas e doloridas e a sensação de cansaço é frequente, mesmo sem esforço.

 

Os locais mais predominantes da celulite são: nádegas, coxas, regiões dos quadris, joelhos e braços, que devido à sua aparência acaba por causar um comprometimento de auto-estima e do convívio social, principalmente quando se apresenta em graus mais avançados. É importante salientar que o aumento de peso, má alimentação, quantidade insuficiente de água ingerida, falta de atividade física, má circulação, estresse, cigarro, álcool, desequilíbrio hormonal e o uso de anticoncepcionais, pioram a celulite com o decorrer do tempo.

            Os tratamentos efetivos para celulite incluem como práticas diárias, uma dieta saudável, acompanhada por um médico endócrino. Dê preferência a alimentos menos calóricos e mais ricos em vitaminas, fibras e minerais, pois são reguladores do processo de produção de energia, além de diminuir a absorção de gordura dos alimentos e controlar a regeneração de tecidos, mantendo a pele mais saudável e tonificada. Faça várias refeições ao dia em pequenas porções e mastigue bem os alimentos. A atividade física regular favorece a queima de gorduras, procure ingerir muita água, pois a hidratação ajuda na digestão de alimentos, na circulação e muitas outras coisas. Há alguns suplementos que auxiliam no combate à celulite como a centelha asiática e a castanha da índia, que estimulam a circulação cutânea e de retorno, auxiliando na eliminação de toxinas subcutâneas e o ginkgo biloba que atua ativando a microcirculação,  aumentando a perfusão de oxigênio aos tecidos.

Também existem hoje muitos tratamentos estéticos que associados a essas práticas diárias colaboram no combate da celulite, são eles: a carboxiterapia, que consite na  infusão de gás carbônico medicinal sobre a pele que provoca a dilatação dos vasos no local, combatendo a celulite com eficácia, pois favorece a drenagem dos líquidos e de toxinas e a quebra das moléculas de gordura, estimulando a produção de colágeno e elastina, portando rejuvenesce  a pele; a vacuoterapia, é um procedimento realizado com aparelho de sucção, ajudando no combate de flacidez e celulites, melhorando a circulação sangüínea da pele; a corrente russa, provoca a contração dos músculos, enrijecendo a pele e o fortalecimento muscular; o “Manthus” é outro tratamento muito eficaz, que combina ultra-som, corrente elétrica e eletroporação, ondas eletromagnéticas que abrem os poros e permitem que os ativos realmente cheguem ao interior das células gordurosas, quebrando-as em partículas menores, as quais são eliminadas pela urina e outra parte é metabolizada pelo fígado; a drenagem linfática, também é indicada, seja qual for o estágio da celulite, pois trata-se de uma massagem suave, que facilita o escoamento da linfa, melhorando a circulação sanguínea e eliminando as toxinas. Pode ser feita com as mãos ou com a ajuda de aparelhos, mas sempre deverá ser realizada por um profissional treinado e que conheça a anatomia linfática.

A celulite tem sido um fantasma na vida da mulher e, talvez a maior inimiga, mas com uma alimentação saudável, com a prática de uma atividade física regular, com a ingestão de bastante água, e associado à medicina estética que possui um arsenal eficiente de tratamentos, pode-se evitar o surgimento da celulite e para as regiões do corpo que já foram afetadas pode se recuperar, mas é importante iniciar logo o tratamento.

 

Dr. José Umbelino de Morais

Clínica Geral, Endocrinologia e Medicina Estética.

Membro do Instituto Brasileiro de Ensino de Medicina Estética.

Avenida Brasil, 1818 = Fone  3232-7586 e 3212-1505

drumbelino@yahoo.com.br

www.drjoseumbelino.com

 

 

 
 
 
 
Cadastro Médico ® Todos os Direitos Reservados - Mapa do Site - Publicidade - Feeds RSS - Política de Privacidade - Empório High-Tech