Cadastro Médico
 
Dr(a).  expandir >

 
 



Você está em: Inicial >> Artigo >> 698 Caspa

Caspa

 Feed RSS de Artigos Feed RSS
 
Postado em 14/12/2010 às 21:32:15 por Leonardo Ferreira

Visitas: 757

 

CASPA: O QUE FAZER PARA EVITAR?

Dr. Leonardo Ferreira

 

A dermatite seborréica (DS) é uma doença inflamatória que afeta principalmente  as áreas ricas em glândulas sebáceas do couro cabeludo, face e tronco. Predomina em homens e inicia geralmente na adolescência. Costuma trazer grande desconforto estético, gerado pela associação entre prurido (coceira) e alteração estética.

Sua causa ainda não está completamente estabelecia e envolve diversos fatores. O couro cabeludo, isoladamente, é o local mais acometido pela DS, com diferentes graus de descamação. Deixar constantemente os cabelos presos em rabos de cavalo (inclusive molhados), assim como usar bonés, também contribui para a piora do quadro. A maneira certa de lavar o cabelo é fundamental para a condução do tratamento da caspa.  Dormir com o cabelo úmido permite um ambiente de calor e umidade que favorece o desenvolvimento de Malassezia (um tipo de fungo) e a piora da doença, devendo ser desaconselhado. A freqüência da lavagem também é fundamental. No início do tratamento, ou em casos exuberantes, deve ser realizada em dias alternados, ou até mesmo diariamente. A freqüência excessiva (duas a três vezes por dia) alegando que o cabelo é muito oleoso, ou a higienização escassa (uma vez por semana) naqueles que usam serviços de estética capilares, dificultam a aderência aos esquemas de tratamento. Cabe sugerir algumas alternativas:

Usar o xampu da preferência do paciente em toda a extensão do fio, visando exclusivamente a higiene. Após o enxágüe, usar o xampu terapêutico (por prescrição médica) apenas no couro cabeludo, deixando agir por 3-5 min. Condicionadores podem ser usados nas pontas, em pequena quantidade. A manipulação das crostas, principalmente do couro cabeludo, se torna um hábito para muitos pacientes, por vezes resultando em infecção secundária e agravamento do quadro. Além disso, a dermatite seborréica está estritamente relacionada à queda dos fios, por isso deve ser tratada.

 
 
 
 
Cadastro Médico ® Todos os Direitos Reservados - Mapa do Site - Publicidade - Feeds RSS - Política de Privacidade - Empório High-Tech