Cadastro Médico
 
Dr(a).  expandir >

 
 



Você está em: Inicial >> Artigo >> 746 Labirintite

LABIRINTITE

 Feed RSS de Artigos Feed RSS
 
Postado em 07/08/2011 às 10:19:04 por José Umbelino de Morais

Visitas: 895

 

 

Clínica Dr. José Umbelino

MEDICINA PREVENTIVA

 

LABIRINTITE

         Para entendermos melhor o que é essa doença, temos que conhecer um pouco da anatomia do ouvido interno. Ele é constituído pelo vestíbulo, que é uma estrutura enovelada semelhante a um caracol, dentro dele existem terminações nervosas e um líquido, que ao mudarmos de posição nos indica a posição que nós estamos deitados de pé, etc.

        Quando essa estrutura sofre um processo inflamatório ou infeccioso temos o que chamamos de labirintite. Tonturas, diminuição da audição são sinais  de labirintite chamada pelos médicos de labirintopatia.

         São várias as causas de labirintite. Nosso ouvido é um grande consumidor de energia, depende de um suprimento constante de açúcar e oxigênio. Qualquer fator que impeça a chegada desses elementos ao ouvido interno pode gerar tontura, mal estar e enjôo. Entre as inúmeras causas de labirintite podemos citar:

  • Doenças próprias do ouvido interno.
  • Doenças pré-existentes como diabetes, hipertensão, reumatismo, etc.
  • Utilização  de drogas ototóxicas, como por exemplo, alguns antibióticos e antiinflamatórios que alteram as funções do ouvido.
  • Alterações bruscas da pressão barométrica, como no mergulho e nos aviões.
  • Infecções por bactérias ou vírus.
  • Alterações do metabolismo orgânico. (Doenças da tireóide).
  • Hábitos como excesso de doces, cafeína, tabagismo, álcool ou drogas.

        O tratamento pode ser dividido em três fases: tratamento dos sintomas, tratamento da causa e reabilitação do labirinto.

        Tratamento dos sintomas consiste em aliviar primeiramente a tonteira. Para isso são utilizamos medicamentos próprios para a tonteira e sedativos, e repouso nos casos mais graves. Depois devemos investigar a causa que gerou a doença e tratá-la. Se não tratarmos a causa a doença pode voltar.

        O tratamento fisioterápico da tontura pode ser feito com ou sem uso de medicamentos. São realizada manobras de posicionamento da cabeça por um  especialista.

        A melhor maneira de prevenir as labirintopatias é ter uma vida saudável; evite cigarro, álcool, excesso de cafeína.  Faça exercícios físicos, pois eles melhoram os níveis de colesterol e triglicérides no sangue. A caminhada é uma boa opção.  Procure comer de três em três horas, com pouco sal e açúcar.  Coma frutas, verduras e legumes. Tome aproximadamente 2 litros de água por dia, isso propicia uma melhor filtração renal eliminando as toxinas acumuladas pelo organismo.

       Procure ter alguns momentos reservados para o seu lazer, pois o stress piora as funções orgânicas  inclusive as tonteiras.

        Procure um médico em caso  de tontura, zumbido ou vertigem. Evite automedicação, pois por traz desses sintomas, pode estar uma doença importante que deve ser tratada adequadamente.

Dr. José Umbelino de Morais

Clínica Geral, Endocrinologia, Medicina Ortomolecular e Medicina Estética.

Membro do Instituto Brasileiro de Ensino e de Medicina Estética e  da Associação Brasileira de Medicina Ortomolecular.

Avenida Brasil, 1818 = Uberlândia-MG

Fone  (34) 3232-7586 e 3212-1505

drumbelino@yahoo.com.br

www.drjoseumbelino.com

 

Clínica Dr. José Umbelino

MEDICINA PREVENTIVA

 

 

 

 

 

 
 
 
 
Cadastro Médico ® Todos os Direitos Reservados - Mapa do Site - Publicidade - Feeds RSS - Política de Privacidade - Empório High-Tech