Cadastro Médico
 
Dr(a).  expandir >

 
 


Você está em: Inicial >> Especialidade >> 66 Alergia E Imunologia Pediatrica

Alergia e Imunologia Pediátrica

 Feed RSS de Especialidades Feed RSS
 
Informação

Informação

não tem

Visitas: 6.442

Sociedade: Sociedade Brasileira de Alergia e Imunologia/Sociedade Brasileira de Pediatria

Site: http://www.sbai.org.br/

Site2: http://www.sbp.com.br/

Descrição: A História Sociedade Brasileira de Alergia e Imunologia e A História da Sociedade Brasileira de Pediatria


A História Sociedade Brasileira de Alergia

A Sociedade Brasileira de Alergia foi estabelecida no Rio de Janeiro em 3 de dezembro de 1946. Seu primeiro presidente foi o Dr. Ulisses Fabiano Alves e a SBA iniciou suas reuniões mensais utilizando como sede provisória a sala 705 do Edifício São Borja, na Avenida Rio Branco, sala esta gentilmente cedida por seu presidente. Estas reuniões tinham cunho não só administrativo mas também científico, sempre com apresentação de trabalhos, desenvolvidos por seus sócios ou convidados. A SBA era muito ativa e em novembro de 1955 promoveu o 2º Congresso Internacional de Alergia no Rio de Janeiro. Diversos expoentes da alergia mundial participaram deste congresso e os convidados de honra foram os Professores Henry Dale, Robert Cooke, Carlos Jimenez Dias, Bernardo Houssay, Maurício Rocha e Silva e Pasteur Vallery-Radot. Vários destes se tornaram sócios efetivos ou honorários da sociedade. Entre eles, Maurício Rocha e Silva, que em junho de 1950 já havia apresentado, em sessão ordinária da SBA, a conferência:"Um novo agente auto-farmacológico: a Bradicinina", pesquisa importantíssima de repercussão mundial.

Os sócios fundadores da SBA foram: Amaury Coutinho, Alvaro de Barros, Antonio Oliveira Lima, César Menegali, Clóvis Aguiar, Djalma Ernesto, Eleutherio Brum Negreiros, Francisco José da Silveira Lobo, Haroldo Cardoso de Castro, José Bartholomeu Greco, João Machado, José G. de Barros, José P. de Castro Garcia, Mario Miranda, Nelson G. Vasconcelos, Nelson Passarelli, Newton Guimarães, Olavo Gabriel Diniz, Paulo Dias da Costa, Percy P. dos Santos, Raphael Galeno, Saul Carneiro, Tamara Rubinstein e Ulisses Fabiano Alves Filho.

Quatorze anos depois, em 25 de abril de 1960, em São Paulo, outra sociedade também se estabeleceu: no Departamento de Microbiologia e Imunologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, foi fundada a Sociedade de Investigação em Alergia e Imunopatologia - (S.I.A.I.). Assinaram o Livro de Ata da Fundação: Carlos da Silva Lacaz, João Ferreira de Mello, Livio Pincherle, Sebastião Almeida Prado Sampaio, Julio Croce, Anelise Strauss, Mauricio Mota de Avelar Alchorne, Neusa Lima Dillon, Açucena Raphael, Luiza Hepner Levy, Paulo Vilhena Morais, Aluizio Faria, Argemiro Rodrigues de Souza, Ernesto Mendes, Hugo Cerello, Gastão Arruda Pacheco, Alberto Levy, Luiz Dias Patrino, Geraldo Nogueira de Castro. Em quatro de outubro de 1965 a sociedade teve seu nome mudado para Sociedade de Investigação em Alergia e Imunopatologia do Brasil.

A história das sociedades que estudavam a alergia e imunopatologia se modifica a partir do anos 70 - numa decisão sábia, em contra-ponto à máxima de Machiavel (dividir para governar), decidiu-se pela união para o fortalecimento. Em 18 de novembro de 1971 na Assembléia Geral realizada durante o XI Congresso Brasileiro de Alergia e Imunopatologia em Belo Horizonte foi aprovada a fusão entre a Sociedade Brasileira de Alergia (S.B.A.) e Sociedade de Investigação em Alergia e Imunopatologia do Brasil (S.I.A.I.B.), dando origem à Sociedade Brasileira de Alergia e Imunopatologia (S.B.A.I.). Esta fusão foi oficializada em 17 de novembro de 1972 quando toma posse o primeiro presidente, Prof. José Maria Munhoz da Rocha, seguido pelo saudoso Osvaldo Seabra, José Landucci Brunini, Lain P. Carvalho, João Ferreira de Melo, Waldemir C. Antunes, João Bosco M. Rios, Charles Kirov Naspitz, Paulo Ferreira Lima, Wilson T. Aun, Luiz Antonio Bernd, José Seba e Dirceu B. Greco.

Em seu estatuto, esta definido que a SBAI é sociedade civil de caráter científico e classista dos especialistas em Alergologia e Imunologia Clínica, sem finalidade lucrativa, sem vinculação político-partidária, com sede e foro na cidade de São Paulo, Estado de São Paulo, cabendo-lhe promover o estudo, a discussão e a divulgação de questões relativas à Alergologia e à Imunologia Clínica, em elevado padrão científico e ético, bem como a concessão de Título de Especialista em Alergia Clínica e Imunologia a seus sócios, de acordo com convênio celebrado com a Associação Médica Brasileira.

Para a consecução de seus fins sociais, a SBAI:

a) promove congressos, cursos e sessões sobre Alergia e Imunologia Clínica;

b) mantém intercâmbio científico com entidades congêneres ou outras de caráter médico, nacionais ou estrangeiras;

c) promove a divulgação dos estudos sobre Alergia e Imunopatologia Clínica, especialmente os realizados na América Latina;

d) participa de movimentos associativos de aspecto médico-social, sejam eles de natureza ética, reivindicatória ou profissional, isolada ou conjuntamente com outras Entidades de Classe, como a Associação Médica Brasileira e suas Federadas, através de Comissões específicas, ou de outras que se fizerem necessárias.

Estes objetivos só podem ser atingidos com a participação efetiva de todos os seus associados, com ênfase na representação estadual (via Presidentes de Regionais e respectivas diretorias), visando a melhoria das condições de trabalho dos especialistas para seu fim maior, que é o bem estar de nossos pacientes e a prevenção de doenças alérgicas e imunológicas.

Hoje, 1998 a SBAI está bem consolidada, com quase 1200 sócios, sendo que metade deles já tem o título de especialista em alergia e Imunologia clínica. Sua sede nacional é na cidade de São Paulo e através de suas regionais (Alagoas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo) a sociedade está representada de norte a sul do país e em contínua expansão.

Entre suas diversas atividades, cumpre destacar o Congresso Brasileiro de Alergia e Imunopatologia (sua 26ª edição ocorrerá em Belo Horizonte, em novembro de 1998), atividade realizada cada dois anos; a Revista Brasileira de Alergia e Imunopatologia (já em seu volume 21, indexada no Lilacs e, em nova fase, mais ágil, mais estruturada, se preparando para a indexação no Index Medicus); o estabelecimento da página eletrônica (www.sbai.org.br), facilitando a comunicação com os associados e propiciando acesso imediato às atividades da sociedade, incluindo a Revista e, também, acesso à literatura internacional sobre a especialidade). Para aumentar ainda mais sua presença e participação junto à comunidade, a SBAI decidiu estabelecer a SEMANA DA ALERGIA, que ocorrerá pela primeira vez (e será anual) na terceira semana de maio de 1999 (17 a 21 de maio). Além disto, a SBAI está estabelecendo rede nacional de aerobiologia, visando a identificação da flora polínica (e, eventualmente, fúngica) brasileira e está coordenando projetos de pesquisa de alto interesse científico e social.


A História da Sociedade Brasileira de Pediatria

Fernandes Figueira foi o idealizador e primeiro presidente da Sociedade Brasileira de Pediatria, criando uma associação científica para se dedicar ao estudo dos problemas e patologias infantis ocupando uma lacuna de atividades pediátricas no Brasil. Assim, foi fundada, em 27 de julho de 1910, a Sociedade Brasileira de Pediatria.

Reunindo-se inicialmente na Academia Nacional de Medicina, fixou sede na Sociedade de Medicina e Cirurgia em 1929, onde funcionou por muitos anos. Em 1960 foi inaugurada a primeira sede própria, à Av. Franklin Roosevelt, 33. A sede foi transferida para Botafogo (1979) e para Copacabana em 1995, sede atual.

Até 1951 a SBP era uma sociedade eminentemente local, quase carioca, uma vez que, por exigência estrutural, seus associados efetivos eram domiciliados no Distrito Federal ou em municípios limítrofes. À época de sua fundação, contava com 67 associados, número ampliado em 1940 para 87. Sua nacionalização ocorreu em 1951 na gestão de José Magalhães Carvalho, após extensas discussões durante a 1a Jornada de Puericultura e Pediatria (realizada em 1947) e consistiu na filiação das Sociedades e Departamentos Estaduais de Pediatria. Maior óbice foi vencido por Carlos Prado ao conseguir a aquiescência da Associação Paulista de Medicina para que seu Departamento de Pediatria se filiasse à SBP.

Reunidos pela primeira vez em 1980, os presidentes de todas as filiadas conseguiram reformar o Estatuto da Sociedade fazendo face ao seu crescimento e a necessidade de transformá-la numa verdadeira empresa, para realizar com eficiência as tarefas cada vez mais complexas que os pediatras e a sociedade moderna demandam.

O número de associados efetivos cresceu rapidamente: 1.600 em 1960, 4.905 em 1974, e hoje já conta com aproximadamente 25.000 associados de acordo com o cadastro.

Muitos são, ainda, os desafios a enfrentar, mas formada por milhares de pediatras a Sociedade Brasileira de Pediatria haverá de contribuir ainda mais para a melhoria dos serviços médicos prestados às crianças e adolescentes do Brasil e da qualidade de informação dirigida ao aprimoramento profissional dos pediatras brasileiros.

O medalhão ao lado serviu como inspiração para o símbolo da Sociedade Brasileira de Pediatria em 1936 e pode ser visto no pórtico do “Spedale degli Innocenti” em Florença, onde encontram-se vários medalhões de terracota esmaltada, obra de Andrea della Robia (1437-1528). Dentro de cada um salienta-se um menino enrolado por coberturas e faixas: o fundo radiado é azul, o menino branco e as faixas e coberturas cor de barro vermelho escuro; uma réplica encontra-se no Museu Belas Artes - RJ. Representam o “Jesus Menino” com seu olhar suplicante pelas crianças abandonadas e estão enfaixados por ter sido costume na antigüidade enfaixar crianças pequenas.

Símbolo semelhante cópia de outro menino de della Robia foi adotado pela “American Academy of Pediatrics” em 1930.

O emblema da SBP foi alterado em 1957 e posteriormente em 1968 o qual foi usado até o momento. (fonte: História da Pediatria Brasileira)

A Sociedade Brasileira de Pediatria dentro de um projeto de rejuvenescimento da sua marca, renovou sua identidade visual preservando a simbologia do emblema. Procuramos a reorganização do espaço usando um traço mais elegante e dinâmico que se adapta à nova realidade que a SBP vive hoje: o resultado pode ser conferido nas outras páginas.

Histórico do Jornal de Pediatria

Numerosas publicações de Fernandes Figueira e seus discípulos foram divulgadas em diferentes veículos de comunicação médica até a criação por Álvaro Reis em 1923 do órgão oficial da Sociedade - a "Revista Brasileira de Pediatria".

Em outubro de 1928 o Dr. Américo Augusto junto com o Professor Olinto Oliveira - como Diretor Científico, fundaram a revista mensal de clínica, higiene infantil e puericultura - os "Arquivos da Pediatria" .

O atual "Jornal de Pediatria", assim denominado a partir do nono fascículo do mensário "A Pediatria" fundado em 1934, pelo bom conteúdo de seus artigos, constitui-se em verdadeiro roteiro histórico para os que desejam avaliar os progressos da Pediatria Brasileira.

Histórico dos eventos científicos

"Visando a congregar em uma verdadeira família aqueles que se dedicam à Pediatria", nas palavras do seu inesquecível presidente Álvaro Aguiar, a SBP crescia também no padrão de qualidade das atividades que desenvolvia. Da primeira Conferência Nacional de Proteção e Assistência à Infância realizada em 1933 à Primeira Jornada Brasileira de Puericultura e Pediatria, em 1951, até os Congressos Brasileiros de Pediatria (denominação dada em 1965), o conteúdo científico desses eventos atingiu nível internacional. Os cursos Pré-Congresso, instituídos em 1960, são muito concorridos por seu alto valor informativo para os diversos campos da Pediatria.


ALERGIA E IMUNOLOGIA PEDIÁTRICA
AMB: Concurso Convênio Sociedade Brasileira de Alergia e Imunologia/Sociedade Brasileira de Pediatria
REQUISITOS: TEAMB em Alergia e Imunologia
TEAMB em Pediatria
 
 
Cadastro Médico ® Todos os Direitos Reservados - Mapa do Site - Publicidade - Feeds RSS - Política de Privacidade - MelhorWeb Tecnologia